SAMBISTAS INDICAM SEIS LOCAIS PARA INSTALAÇÃO DAS AGREMIAÇÕES

Pouco mais de um mês após a ação que provocou a destruição de estruturas de carros alegóricos e esculturas de um dos galpões do extinto quartel do Exército na Avenida General Craveiro Lopes, no Barreto, Zona Norte da cidade, os sambistas de Niterói se reuniram na manhã de ontem para avaliar o assunto e discutir alternativas para tentar traçar um plano de trabalho com vistas ao Carnaval de 2016. O encontro aconteceu no auditório da Câmara Municipal de Niterói, no Centro, onde os 32 representantes das agremiações filiadas à União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói(Uesbcn), foram recebidos pelo presidente do Legislativo, vereador Paulo Bagueira.
No encontro, os representantes das agremiações cobraram das autoridades soluções, não apenas sobre o ressarcimento dos prejuízos provocados pela destruição do patrimônio, mas também para questão da implantação de um novo barracão. “Não há como traçar uma meta de trabalho para o próximo carnaval sem saber se haverá, ou não, uma área para a montagem das alegorias. Mas antes de se definir essa questão, é preciso saber o que será feito para ressarcir os prejuízos das escolas”, afirmou o presidente da Uesbcn, André Nogueira.
Até a próxima sexta-feira, a direção da Uesbcn receberá das 12 agremiações que tiveram o material destruído no início do mês passado no Barreto, um inventário que discrimina os tipos de objetos que foram danificados por funcionários de uma empresa contratada pela prefeitura.
para a construção da nova sede da Guarda Municipal no lugar do extinto quartel do Exército do Barreto. Há estimativas que os prejuízos cheguem a R$ 700 mil. Além de grande quantidade de material reciclável, as estruturas dos carros alegóricos, que poderiam ser reaproveitadas, foram destruídas e jogadas para fora do galpão, ficando expostas ao tempo.

Barracão
Há cinco anos, um dos galpões do local vinha sendo usado como barracão das escolas de samba, graças a um acordo entre a UESBCN, a Secretaria Regional do Barreto e o Governo do Estado. A direção das agremiações elaborou um documento com seis endereços na cidade que teriam dependências adequadas para essa finalidade. Paulo Bagueira, que tem projetos voltados para o desenvolvimento do samba em Niterói, se mostrou receptivo e prometeu intermediar um encontro com o prefeito Rodrigo Neves nos próximos dias para solucionar essas questões.

A TRIBUNA

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

ESCOLAS DE SAMBA FINALIZAM ESTUDO SOBRE PREJUÍZOS APÓS ‘DESPEJO’

A União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói (Uesbcn) finaliza nos próximos dias o relatório elaborado para contabilizar os prejuízos provocados pela ação que provocou a destruição de estruturas de carros alegóricos e esculturas de um dos galpões do extinto quartel do Exército na Avenida General Craveiro Lopes, no Barreto, na Zona Norte da cidade. As estimativas iniciais é que os danos tenham provocado prejuízos da ordem de R$ 700 mil a 12 agremiações que há cinco anos usavam aquele local como “barracão” para a preparação dos desfiles oficiais – organizados há dez anos pela Uesbcn, em parceria com a empresa Niterói, Lazer e Turismo (Neltur).
Representantes da Uesbcn foram informados por diretores da empresa Municipal de Urbanização, Moradia e Saneamento (Emusa) que equipes da firma Zadar, que participa do projeto de construção da nova sede da Guarda Municipal naquele local, foram as responsáveis pela retirada e destruição das alegorias. Os dirigentes das agremiações aguardam audiência com o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, para saber qual é a solução que será dada ao problema. Quando houve a destruição, o prefeito estava na Espanha, em viagem institucional, conhecendo os projetos daquele país na área de Segurança Pública. Após a viagem, o prefeito se reuniu com o presidente da Câmara, Paulo Bagueira, e garantiu que dará solução às revindicações dos sambistas.
“O planejamento do Carnaval 2016 está parado. Não podemos iniciar nenhum tipo de trabalho em prol do Carnaval 2016 se não definirmos, não apenas a forma da recuperação do patrimônio das escolas filiadas, como também a escolha do novo barracão das agremiações”, afirmou o presidente da Uesbcn, André Nogueira. Passadas quase três semanas da destruição do material, as alegorias ainda se deterioram no tempo, o que poderá gerar prejuízos ainda maiores para os sambistas.
A área do extinto quartel do Exército vinha sendo usada como “barracão” das escolas há cinco anos, graças a um acordo envolvendo a direção da Uesbcn, a Prefeitura de Niterói e o Governo do Estado. Mesmo com a construção da da sede da Guarda Municipal naquele local, havia um acordo entre os sambistas e a prefeitura para que as agremiações permanecessem lá enquanto não se definisse o novo local permanente para abrigar as agremiações.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

ESCOLAS DE SAMBA DE NITERÓI SUGEREM À PREFEITURA SEIS LOCAIS PARA ABRIGAR OS BARRACÕES

A União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói se reuniram durante todo o dia de ontem no barracão das escolas no 4º GCam para contabilizar os prejuízos causados após todas as alegorias terem sido jogadas no exterior do barracão e num matagal ao lado. Até às 14 horas, 16 agremiações de 27 já tinham aparecido no local para contar o prejuízo. Estima-se danos de R$ 700 mil. Os presidentes de várias escolas de samba foram surpreendidos com todas as alegorias de Carnaval jogadas e destruídas no exterior do galpão do 4º Gcam, no Barreto, Zona Norte de Niterói. Inicialmente o prejuízo foi avaliado em R$ 1 milhão.

Na última sexta-feira uma engenheira da Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) foi até o local para delimitar uma área específica para onde as alegorias seriam alocadas. Ela ficou responsável por verificar junto às escolas o local ideal. Por enquanto, as alegorias estão sendo retiradas no matagal ao lado no galpão pela Prefeitura de Niterói e estão sendo colocada numa área plana, mas não coberta.
“As escolas vão fazer as contas das avarias. Fizemos apenas o inventário do que tínhamos. Vou levar tudo isso para a Secretaria de Governo para verificar o que será feito. Ela nos pediu endereços de locais que sejam ideais para colocar o barracão. Apresentei seis endereços do Ponto Cem Réis até o Centro”, disse André Nogueira, presidente da União das Escolas. Um dos endereços, segundo Alexandre Barbosa, diretor de Carnaval, pode ser um galpão ao lado do 12º BPM (Niterói).

Em nota, a Secretaria de Obras de Niterói esclareceu que a empresa responsável pela construção da sede da Guarda Municipal e da Cidade da Ordem Pública, no Barreto, que também contribuirá para a segurança urbana na região, fez a remoção das estruturas de carros alegóricos para outra área para o início das obras no local e, de maneira inadvertida, ocasionando problemas já verificados com o material. Qualquer dano verificado será corrigido pela empresa por determinação da Secretaria de Obras.

A Tribuna Rj

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

ESCOLAS DE SAMBA PODEM GANHAR BARRACÃO DEFINITIVO

Na próxima semana, o drama dos dirigentes das escolas de samba de Niterói pode chegar ao fim. A Prefeitura garantiu, por meio de nota na tarde de ontem, que apresentará um espaço para instalação de barracões definitivos. Atualmente, as agremiações estavam alojadas, de forma provisória e há anos, no 4º GCam, no Barreto. No entanto, as alegorias foram removidas do galpão na última segunda e colocadas de forma inapropriada no pátio do extinto batalhão. A Prefeitura explicou que a empresa encarregada de construir a nova sede da Guarda Municipal e da Cidade da Ordem Pública removeu “de maneira inadvertida” as estruturas dos carros alegóricos e que será responsável por quaisquer danos causados aos materiais.
Na manhã de ontem, uma equipe engenharia da Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) visitou o 4º GCam. Representantes de diversas escolas e o presidente da União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói, André Nogueira, estiveram no local novamente e lamentaram a destruição dos materiais utilizados nos carnavais de Niterói. Poucos carros sobraram. A União das Escolas estima um prejuízo de mais de R$ 1 milhão.
A engenheira da Emusa conversou com um carnavalesco para que eles se unissem e definissem o tamanho e o local ideal para construir um novo galpão para alocar as alegorias. Ela garantiu que a empresa não foi a responsável pela destruição e retirada dos materiais.
“Fui enviada para delimitar o local para os carros e para definir área para não atrapalhar a obra da Guarda Municipal. A obra já era para ter começado”, comentou a engenheira que preferiu não se identificar.
Os presidentes das agremiações comentaram que recuperar o material destruído será quase impossível porque custa caro. Ele reclamou que muitos carros alegóricos foram encontrados numa área de brejo, bem próximo ao barracão.
“Muitos carros foram jogados naquele brejo. Como vamos tirar de lá? Agora temos outro problema. O locador de esculturas veio aqui e viu o estado que as peças dele estavam. Parte desse material não é nosso, é alugado e não sabemos o que fazer”, reclamou Luciano Deodato, responsável pelo barracão.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

CARNAVAL DE NITERÓI EM ALERTA

3O Carnaval niteroiense sofreu mais um baque ontem. A folia em 2016 pode estar ameaçada. Ontem os dirigentes das escolas de samba da cidade se viram despejados do 4º GCam, batalhão desativado no Barreto que há anos era usado como barracão. Os materiais utilizados este ano foram encontrados destruídos na área externa do ex-batalhão.
O presidente da União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói, André Nogueira, acredita que será complicado realizar o desfile de Carnaval de 2016 na Rua da Conceição, no Centro, pelo tamanho do estrago. Ele estima prejuízo de R$ 1 milhão. Hoje eles voltam ao batalhão para ver o que conseguem salvar.
Ainda não se sabe quem são os responsáveis pela destruição dos carros alegóricos, estátuas e alegorias. Algumas agremiações registrarão ocorrência policial em delegacias para que o que eles chamam de crime, seja investigado. Algumas culpam a Prefeitura de Niterói pela ação.
“Fomos informados que essa operação aconteceu no feriado. Hoje (ontem) chegamos aqui e vimos essa realidade. Aqui está o Carnaval de 2016. Tem material reutilizado e que seria utilizado no ano que vem. São materiais reciclados. Tinha um total de 27 agremiações e não restou nada”, disse André.
Ele comentou ainda que as pessoas que retiraram os materiais do galpão estavam descaracterizadas e que os seguranças do 4º GCam não conseguiram identificá-las. No entanto, ele recebeu a informação que funcionários da prefeitura foram os responsáveis pela retirada das alegorias.
“Pedimos para fechar o portão porque tava tendo avarias e quando uma pessoa que faz a segurança aqui chegou me avisou que não tinha nada. Me avisou que estava tudo lá fora e destruído. Tínhamos o Carnaval montado aqui dentro”, lamentou.
Jhonatan Anjos, presidente da atual campeã do Carnaval, a Sabiá, comentou com tristeza que será muito difícil desfilar em 2016. Ele comentou que todo o material foi perdido e que com a subvenção de R$ 91 mil será praticamente impossível comprar e montar novas alegorias.
“Quando cheguei aqui não aguentei, nosso trabalho resumiu-se a lixo. Não tem como recuperar. Gasta-se muito mais recuperando. Não foi boicote. Simplesmente tentaram desocupar o espaço”, disse.
À tarde, representantes das escolas de samba da cidade estiveram na sede da Prefeitura e se reuniram com subsecretário de Governo, Anderson de Farias, mas uma definição só deverá acontecer no fim desta semana.

A TRIBUNA

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Folia da Viradouro venceu pelo Grupo Principal, enquanto a Combinados do Amor foi a campeã pelo Grupo Especial de Enredo e a Souza Soures levou a melhor pelo Grupo de Acesso

01A quadra da Viradouro, no Barreto, foi lugar a muita festa e comemoração. O espaço foi utilizado para a apuração do carnaval niteroiense e os foliões e representantes das agremiações acompanharam ponto a ponto as notas dadas pelos jurados.

Com um desfile impecável. Com apenas uma nota 9,5, de 20 quesitos, a Folia do Viradouro se tornou a grande campeã do carnaval de  Niterói. Além dela, a Souza Soares venceu no Grupo de Acesso e vai desfilar no Grupo Principal em 2016 e a Combinados do Amor conquistou o título do Grupo Especial de Enredo, subindo para o Grupo de Acesso no ano que vem.

01Ao todo foram analisados 10 quesitos por 20 jurados, dois para cada, são eles: comissão de frente, alegoria e adereços, evolução, samba enredo, enredo, harmonia, fantasia, mestre sala e porta bandeira, conjunto e bateria. No Grupo Principal a Folia do Viradouro levou o troféu para a quadra com muita torcida e disputa. A comunidade esteve em peso na quadra do Barreto e as favoritas, Império de Araribóia e Sabiá, chegaram a travar um verdadeiro duelo de baterias que ecoou por toda a quadra, ficando em terceiro e segundo lugar respectivamente. A diferença de pontos da campeã para a segunda colocada foi grande, mais de seis pontos.

A grande novidade para o ano que vem veio do presidente da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Paulo Freitas, que anunciou que todas as escolas que apresentarem a prestação  de contas do carnaval até março receberão uma carta de crédito da Prefeitura de Niterói em outubro, para compra de insumos do carnaval 2016. O valor do crédito não foi informado.

A apuração das agremiações que desfilaram na Rua da Conceição no último domingo (15), foi realizada na tarde desta quinta-feira na quadra da Unidos do Viradouro, no Barreto. Cerca de três mil pessoas acompanharam a divulgação das notas.

“Esse título veio com muito esforço e dificuldade. Superou as minhas expectativas. A vitória é de toda a escola e de toda a comunidade”, falou, emocionado, Paulo Roberto Nascimento, presidente da Folia do Viradouro.

Na Souza Soares, campeã do Grupo de Acesso, a emoção tomava conta. A homenageada do desfile, Cris Alves, não escondia as lágrimas.

“O grito de campeão estava engasgado. Poder ser homenageada de maneira tão brilhante mostra o quanto o carnaval é importante na minha vida. É hora de comemorar”, vibrou.

Quando foi anunciado que a Combinados do Amor, do bairro Caramujo, sagrou-se campeã do Grupo Especial de Enredo de Niterói, a presidente da agremiação, Lena Alves, desmaiou. Lena foi socorrida por membros da agremiação. A escola de samba não ganhava o título desde 1961.

Sobre as escolas rebaixadas a UESBCN informou que a quantidade de escolas rebaixadas ainda vai ser decidida nos próximos dias.

 

RESULTADO OFICIAL

 

0103GRUPO PRINCIPAL

1-Folia do Viradouro

2-Sabiá

3-Império de Araribóia

4-Magnólia Brasil

5-Unidos da Região Oceânica

6-Grupo dos Quinze

7- Alegria da Zona Norte

8-Cacique da São José

9-Tá Mole, Mais é Meu(rebaixada)

GRUPO DE ACESSO

1-Souza Soares

2-Experimenta da Ilha da Conceição

3-Unidos do Sacramento

4- União da Engenhoca

5- Mocidade Independente de Icaraí

6-Balanço do Fonseca

7-Independente do Boassu

8-Bafo do Tigre

9-Galo de Ouro

10-Se não Aguenta Porque Veio(rebaixada)

GRUPO ESPECIAL DE ENREDO

1-Combinado do Amor

2-Garra de Ouro

3-Fora de Casa

4-Tá Rindo Porque

5-Banda do Batistão

6-Unidos do Castro

7-Amigos da Ciclovia

8-União do Maruí

9-Barro Vermelho

10-Grilo da Fonte

11-Bem Amado

 

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Mesmo debaixo de chuva, os foliões estiveram na Rua da Conceição, no Centro de Niterói

01Foi debaixo de muita chuva, mas também de gritos e aplausos de mais de dois mil foliões que acompanharam as nove escolas de samba do Grupo Principal de Niterói, na Rua da Conceição. Nem mesmo o temporal diminuiu a temperatura do carnaval niteroiense.

“A presença dessas pessoas aqui mostra que nem a chuva é capaz de deter o amor pelas suas escolas do coração. Estamos fechando hoje com chave de ouro. E pode ter certeza que o saldo desses desfiles foi bastante positivo. E quem ganhou foi Niterói”, disse Paulo Freitas, presidente da Neltur.

Primeira escola a desfilar na passarela do samba, a Alegria da Zona Norte veio com garra e superação.

“Infelizmente essa chuva atrapalhou o desfile, mas papai do céu quis assim. Pode ter certeza que esse desfile será o desfile da superação e da garra. Desfilamos com muita emoção, independente da chuva”, disse o presidente da escola, Bira Alegria.

As escolas Sabiá (atual campeã), Império de Araribóia, Unidos da Região Oceânica, Cacique da São José, Magnólia Brasil, Folia do Viradouro e Grupo dos Quinze também se apresentaram no carnaval.

A Escola de Samba ‘Tá Mole, mas é meu’, não desfilou e pediu o licenciamento.

A apuração dos desfiles será nesta quinta-feira (19) na quadra da Viradouro, no Barreto, às 18h.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Grupo de Acesso desfilam no Centro

Escola Galo de Ouro. Foto: Colaboração / Pedro Conforte Escola Galo de Ouro. Foto: Colaboração / Pedro Conforte

Escola Galo de Ouro. Foto: Colaboração / Pedro Conforte

A noite de Niterói é pequena para suportar o enorme brilho dos desfiles das agremiações do Grupo de Acesso da cidade, que vem acontecendo na Rua da Conceição, no Centro, nesta segunda-feira. A celebração, que reuniu dezenas de foliões e muitos curiosos, visando a diversão e apreciação das escolas, teve início com a escola Galo de Ouro. A sua frente, abrindo o desfile, a realeza de Niterói (Rei Momo, Rainha e as princesas) deu tom da animação. De acordo com Vladmir Silva, presidente da Galo de Ouro, essa é a primeira vez que eles desfilam como escola, já que ano passado, venceram como bloco. “Nossa meta agora é estar no grupo”, disse o presidente.

02Escolas como Unidos do Sacramento, Mocidade Icaraí, Souza Soares, Balanço do Fonseca, Bafo do Tigre, Experimenta e União da Engenhoca estão participando do desfile na Rua da Conceição, local que já virou tradição para a festa. Uma das escolas, “Se não aguenta por quê veio?” desistiu em cima da hora e foi automaticamente rebaixada.

03Nesta terça-feira, para fechar os desfiles da cidade, o Grupo Especial conta com a Alegria da Zona Norte; Sabiá; Império de Arariboia; Tá mole, mas é meu; Unidos da Região Oceânica; Cacique da São José; Magnólia Brasil; Folia da Viradouro e Grupo dos Quinze.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Viradouro : Samba funciona, e mesmo com chuva

01A Viradouro foi a primeira escola do Grupo Especial do Rio de Janeiro a pisar na Avenida neste domingo (15). A vermelho e branca de Niterói teve a comissão de frente, que contou com a participação da atriz Juliana Paes como destaque, mas acabou tendo problemas com uma escultura do último carro, que teve o braço quebrado ainda no início da Sapucaí.

Sob forte chuva, a Viradouro, que veio com o enredo “Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça”, desenvolvido pelo carnavalesco João Vitor Araújo, iniciou seu desfile às 22h. Trazendo os tenistas Gustavo Kuerten, Rafael Nadal e David Ferrer na frente, juntos com diretores da agremiação, o carro de som acabou falhando algumas vezes nos primeiros minutos da apresentação da vermelho e branco de Niterói.

Com a comissão de frente representando o redescobrimento do Brasil, ela era coreografada por Marcella Gill e André Lúcio, e trouxe a atriz Juliana Paes como destaque, que saía de dentro do tripe e realizava os movimentos junto com os outros integrantes. Os bailarinos apareciam acorrentados, e em seguida eram libertados, ficando livres.

O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Marlon e Alessandra, representou a África no coração. Com uma fantasia nas cores dourada e vermelha e bem luxuosa, nem a chuva impediu que eles realizassem um bom bailado.

02O abre-alas mostrou o reino de Olorum, e com muita iluminação, chamou a atenção do público. A segunda alegoria veio repleta de cavalos marinhos, representando o cortejo e o Navio Negreiro. O terceiro mostrou a relação do ciclo do homem com o mundo animal, vegetal e mineral. Já o carro seguinte veio com uma escultura gigante da Mãe Preta amamentando, e outros Pretos Velhos.

A ala das baianas, que representou a Tia Ciata, homenageou o legado das “tias” baianas. Porém, no meio do desfile, uma das componentes acabou caindo, fato que assustou um pouco as outras integrantes.

A bateria, que teve uma comissão sendo a responsável, veio muito bem. Fantasiados de Deusa da Sabedoria, eles tiveram alguns problemas naturais causados pela chuva, mas nada que possa comprometer. A rainha Raíssa Machado, que teve uma filha há cerca de um mês, mostrou samba no pé e muita simpatia.

A quinta alegoria representou a malandragem, e trouxe duas grandes esculturas de malandro, além de algumas favelas. Já o último carro, que trouxe a imagem de Luiz Carlos da Vila na lateral, teve problemas. Uma de suas esculturas teve o braço quebrado ainda no início do desfile da escola.

O samba, que foi uma junção de duas composições de Luiz Carlos da Vila, foi bem cantada pelos integrantes, além de ter uma boa recepção do público, principalmente nos setores 12 e 13 do Sambódromo.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Chave da cidade foi entregue pelo presidente da da Neltur ao rei momo de Niterói

01Foi aberto oficialmente às 18h deste domingo (15),os desfiles do carnaval da cidade de Niterói. A cerimônia de entrega da chave da cidade para a corte do carnaval foi realizada na Rua da Conceição, Centro, tradicional palco dos blocos e agremiações. O presidente da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Paulo Freitas, representou o prefeito Rodrigo Neves na cerimônia, dando início às festividades que irão acontecer até a próxima terça-feira.

A noite começou com o desfile dos blocos de embalo. Estreando na avenida, o Toca do Leiteiro, do bairro Engenhoca, se apresentou com 150 componentes. Em seguida, abrindo o Grupo Especial de Enredo, a Amigos da Ciclovia, de Piratininga, desfilou debaixo de uma forte chuva, mas ainda assim os 250 componentes mostraram garra e animação exibindo o enredo “Mulata Raça Brasil”.

Comemorando dez anos a frente da organização do desfile, a União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói (Uesbcn) está em clima de festa no carnaval desse ano.

“Esse ano é especial pois a Uesbcn completa a dez anos realizando esse trabalho tão importante, analisando, planejando e executando o desfile de 32 escolas de sambas afiliadas”,  declara André Nogueira, presidente da Uesbcn.

Investimento e inovação –  O carnaval de 2015 em Niterói será marcado por uma série de mudanças e melhorias na infraestrutura. Segundo presidente da (Neltur), em 2015 o carnaval em Niterói terá um grande avanço.

De acordo com Paulo Freitas, apesar das melhorias, o investimento para o carnaval desse ano não foi muito diferente dos feitos nos anos anteriores. Segundo ele, em infraestrutura foram gastos R$ 2 milhões, além dos pagamentos das subvenções para escolas e blocos.

“As melhorias são muitas. Um posto médico com 80 metros quadrados, atendendo todas as especificações do Corpo de Bombeiros, palco com uma infraestrutura melhor e cabine de jurados com ar condicionado. Além disso, esse ano a questão dos jurados dos desfiles também inovou. Abrimos uma licitação para que pessoas interessadas no trabalho enviassem currículos. Por isso, vamos contar com uma equipe habilitada com formações diversas, como artes plásticas, design e carnaval. Estamos seguindo as determinações do prefeito Rodrigo Neves de deixar o desfile melhor a cada anos que passa”, explica.

Freitas lembra que além de mudanças na logística, para melhorar a apresentação das agremiações, que era feita em 4 dias, em um acordo entre poder púbico e a União das Escolas de Samba e Blocos de Niterói, as apresentações foram concentrada em 3 dias. O objetivo é deixar o espetáculo mais dinâmico e bonito para o público.

“O desfile também ficou maior, mais seguro e organizado, começando agora na Rua Almirante Tefé e terminando em frente ao Niterói Shopping. Os carnavais de bairro também receberam maior apoio. Os quatro maiores puderam contar com posto de saúde e todos foram padronizados com a identidade visual criada para o carnaval desse ano, que tem com o tema “Família e Folia”. Além disso, também disponibilizamos mais de 200 banheiros químicos em todos os lugares onde os eventos são realizados, com cabines para homens, mulheres e pessoas com deficiência física” conclui.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário